Brasil volta às ruas neste domingo

Protestos de 12 de abril têm o dobro de cidades confirmadas na comparação com 15 de março. Agora, objetivo dos organizadores é aumentar atos no Nordeste

Eduardo Gonçalves, Veja
Menos de um mês depois de enfrentar o maior protesto popular da democracia brasileira, a presidente Dilma Rousseff volta neste domingo a ser alvo de uma série de manifestações contrárias a seu governo em todo o país.
A mobilização tem o apoio de 75% dos brasileiros, segundo o Datafolha. Pesquisa divulgada neste sábado pelo instituto indica que 63% dos brasileiros são favoráveis à abertura de um processo de impeachment contra a presidente por causa do escândalo do petrolão. Para 57% dos entrevistados, Dilma sabia do esquema de corrupção na Petrobras e deixou que ele acontecesse.
Se levaram mais de 2 milhões de pessoas às ruas em 15 de março, os organizadores dos protestos buscam neste domingo mais do que uma numerosa adesão nas grandes capitais: o foco agora é espalhar os atos por mais cidades brasileiras, sobretudo no Norte e Nordeste, tradicionais redutos eleitorais petistas.
Protestos contra o governo Dilma (Foto: Valmar Filho, do Estadão Conteúdo)Protestos contra o governo Dilma (Foto: Valmar Filho / Estadão Conteúdo)
Compartilhe no Google Plus