Sandro Régis diz que Rui Costa prova do próprio veneno

Foto: Divulgação

Líder da oposição na AL-BA, deputado Sandro Régis (DEM)
Diante das manifestações e sinalização de greve por parte das diversas categorias do funcionalismo público estadual o líder da Oposição, Sandro Régis (DEM), disse nesta quinta-feira, 23, que o governador Rui Costa vem provando do próprio veneno. Ele lembrou que desde o governo Wagner os servidores não recebem o tratamento digno e a devida valorização tão apregoada durante as campanhas eleitorais petistas – tanto de Wagner como de Rui Costa – e imediatamente esquecidas logo após a posse. “Há exatos 113 dias de governo não se tem ainda uma definição concreta sobre a reposição salarial dos servidores”, criticou Régis, observando que esse resultado é fruto da herança maldita deixada pelo ex- governador Wagner e legitimada pelo atual governador Rui Costa, quando ainda era secretário de estado e um dos homens fortes do governo. Para o democrata – que vem sendo constantemente procurado por representantes da categoria para solicitar o apoio da bancada de oposição – , ao longo dos oito anos, o governo Wagner conseguiu levar o Estado da Bahia a uma crise financeira profunda, deixando o seu sucessor com as contas quebradas. “¨Vou repetir o que disse antes: ou o governo Rui Costa quebrou o Estado em 100 dias ou foi enganado pelo seu antecessor Jaques Wagner”, reforçou.
POLÍTICA LIVRE
Compartilhe no Google Plus