Ipiaú: Comerciantes reclamam de baixo movimento na Semana das Mães

Expectativa é baixa em relação às vendas. (Foto:Giro em Ipiaú)
A segunda data mais importante para o comércio, o Dia das Mães, não animou os lojistas de Ipiaú este ano. Em um giro realizado na Rua Dois de Julho (onde fica o maior número de lojas da cidade), nossa reportagem observou que o crescimento esperado pelos comerciantes não é nada otimista. Trata-se de uma das menores expectativas desde 2009, ano de crise mundial. A maioria dos lojistas declara ter uma expectativa pessimista para o Dia das Mães, afirmando que as vendas serão menores, ou no máximo iguais as do ano passado. Poucos foram otimistas e disseram que aguardam vendas maiores do que no ano anterior. Muitos desses tem enfrentado a crise com promoções, mas mesmo assim, não tem tido o retorno esperado. Neste cenário conturbado, mais da metade dos estabelecimentos afirmaram que o principal motivo para a baixa expectativa é a crise econômica. “A situação não tem sido convincente para a manutenção de postos de trabalho. Foi assim no Natal e na Páscoa. Caso a tendência se confirme, podemos prever demissões no comércio depois do Dia das Mães, em especial se, mais uma vez, o resultado das vendas for ruim”, contou um gerente do ramo de vendas de móveis e eletrodomésticos. Vale ressaltar que Ipiaú é o principal centro comercial da microrregião. (Giro em Ipiaú)
Compartilhe no Google Plus