Ipiaú: Moradores de terreno desapropriado pela prefeitura interditam a BR-330


Rodovia foi interditada próximo a Fábrica Polpa Eva. (Foto:Giro em Ipiaú/Bruno Aragão)
A dona de um terreno desapropriado ao lado da Fábrica Polpa Eva, bairro Aparecida, com a ajuda de populares, interditou a BR-330 por volta do meio-dia desta quarta-feira (13).  O protesto foi provocado por um suposto mandado de segurança que determina a demolição de uma residência e dois imóveis em processo de construção. De acordo com Rita Santos Rocha, 44, o terreno desapropriado no ano passado pela prefeitura, e vendido em seguida para outra pessoa, está com a documentação em dia, adquirido desde 1984. Ainda segundo a manifestante, o terreno, pertence ao seu falecido marido, Orlando Souza da Silva.
Pista ficou interditada por cerca de 45 minutos.(Foto:Giro em Ipiaú/Bruno Aragão)
Após a chegada da polícia militar e prepostos da prefeitura, os populares liderados por Rita de Cássia liberaram a rodovia. A prefeitura ainda não se manifestou sobre o caso. A interdição da pista levou cerca de 45 minutos, o suficiente para formar longas filas de veículos na BR-330. (Giro em Ipiaú)
Compartilhe no Google Plus