Presidente do Solidariedade Bahia se solidariza com jornalista e diz que agressão não pode ficar impune

O presidente estadual do Partido Solidariedade, Luciano Araújo lamenta a agressão cometida por alguns policiais ao editor do site Bocão News, Marivaldo Filho, na noite do último sábado. Sensibilizado com o fato, o dirigente transmite solidariedade ao jornalista e destaca a necessidade de firme apuração por parte das autoridades da Secretaria de Segurança Pública do Estado.”Esperamos que tal ocorrência seja investigada e que de forma veemente uma resposta seja dada a sociedade para que todos definitivamente vejam que tristes acontecimentos como esses não podem ficar impunes”, disse.O presidente defende o trabalho do jornalista que flagrou a injustiça e a necessidade de denúncia. “Além de exercer cidadania, o jornalista foi tocado pela sensibilidade jornalística para fazer prevalecer o seu juramento de denunciar desmandos e injustiças, quando infelizmente foi surpreendido pela ação truculenta de alguns policiais, que não representam o trabalho sério da maioria da Polícia”, afirmou.
POLÍTICA LIVRE
Compartilhe no Google Plus