PIB DE -1,9% ATESTA RECESSÃO E FRACASSO DA POLÍTICA ECONÔMICA
A queda de 1,9% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, no segundo trimestre de 2015, em relação aos três meses anteriores, atesta que a economia do País está em recessão - ou o que os economistas chamam de "recessão técnica". No primeiro trimestre do ano, o PIB já havia caído 0,7%.
Isso mostra a falência da política econômica do governo Dilma, que registrou gastos de cerca de R$ 80 bilhões sem cobertura orçamentária, durante o ano eleitoral de 2014, comprometedo a capacidade do Brasil de suportar o rombo.
Em relação ao segundo trimestre de 2014, a baixa foi ainda maior, de 2,6%. Em valores correntes, o PIB no segundo trimestre do ano alcançou R$ 1,43 trilhão.
Os números foram divulgados nesta sexta-feira (28) pelo IBGE, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

DIÁRIO DO PODER
Compartilhe no Google Plus