Maia diz haver consenso de que Dilma não termina mandato


Líder do Solidariedade diz que população está se convencendo de que Dilma não resolve a crise
O deputado federal Arthur Maia (Solidariedade) disse há pouco ao Política Livre ter certeza de que a população está se convencendo de que a presidente Dilma Rousseff (PT) não pode mais permanecer no comando do país em decorrência da proporção que a crise econômica está tomando. “O seguro-desemprego vai deixar de ser concedido, as obras do PAC estão paralisadas, a FIOL já demitiu muitos sem nem pagar pagar indenização, o Minha Casa Minha Vida está parado. O quadro é gravíssimo e o desgate econômico é o que assumiu hoje o debate nacional”, disse o líder do Solidariedade, afirmando considerar impossível que a presidente consiga reeditar a CPMF. O parlamentar lembrou que nem o ex-presidente Lula, no auge de popularidade, conseguiu manter o imposto. Segundo Maia, há consenso nos meios políticos de que Dilma Rousseff não conseguirá terminar o mandato, embora ninguém saiba ainda por qual meio ela deixará a presidência.
Compartilhe no Google Plus