Empréstimos é resultado da má gestão do governo do PT, diz Sandro Régis

Foto: Reprodução
O líder da oposição na Alba, deputado Sandro Régis (DEM) deixou claro que se posicionará contra aos projetos enviados  pelo Executivo à Assembleia Legislativa, pedindo autorização para contratar  novos empréstimos. São na verdade três Projetos de Lei que já se encontram em tramitação em caráter de urgência na Alba, um de 300 milhões de dólares, enviado no dia 19 desse mês e os outros dois enviados nesta quinta-feira, 25, sendo um de 150 milhões de euros e o outro de 200 milhões de dólares, totalizando nada menos que R$ 2,5 bilhões. " O que entendemos claramente é que por conta da falta de planejamento financeiro, o governo quer sair com o pires na mão contratando operação de crédito em bancos nacionais e estrangeiros para cobrir os rombos da má gestão dos 9 anos do governo petista", disse Sandro Régis, lembrando que em outubro de 2015 foi aprovado na Alba, com voto contrário da oposição, um projeto de lei autorizando o Executivo a fazer empréstimo junto ao BIRD, no valor de US$ 400 milhões. "O que aconteceu com essa operação de crédito? " questionou o líder, observando que o governo recentemente contingenciou por decreto, R$ 600 milhões originários da fonte de recursos de operação de crédito externo e agora, contraditoriamente, solicita novos empréstimos destinados aos mesmos programas. "Isso só comprova a falta de planejamento de um governo que parece cego em tiroteio", disparou o democrata, frisando que a oposição sempre se colocou contra a projetos de empréstimos em regime de urgência, sem discussão nas comissões técnicas e sem a apresentação de um plano de trabalho mostrando onde os recursos serão, de fato, aplicados. " É a casa Legislativa emitindo cheque em branco ao poder Executivo", concluiu
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário