Professores da rede municipal de Aiquara vão às ruas reivindicar piso salarial

Professores reivindicam piso salarial (Fotos:GIRO/Jorge Vianna)
 
Profissionais da educação da rede municipal de Aiquara protestaram na manhã desta segunda-feira (15). O motivo, segundo a APLB, seria a reivindicação do piso salarial para os professores e reajuste salarial para os demais servidores municipais da educação. Com o apoio de estudantes e pais de alunos, o movimento ganhou força nas ruas e atraiu a atenção da comunidade. De acordo com a coordenação da APLB/sindicato – núcleo de Aiquara, a categoria não participará da Jornada Pedagógica municipal e não iniciará o ano letivo de 2016, enquanto as pendências não forem resolvidas. 
 
Movimento ganhou apoio de estudantes e de pais de alunos.
 
Ainda de acordo com a APLB local, outra questão que reforça a decisão da categoria é a falta de pagamento do décimo terceiro salário aos funcionários. Desde o ano passado que a administração municipal não vem cumprindo as suas obrigações com os profissionais de educação de Aiquara. Atraso salarial e falta de estrutura nas escolas municipais são as maiores reclamações da classe. O prefeito Oséas Rebouças, o “Tico”, não foi localizado para comentar a manifestação dos profissionais da educação. 
 
// (Giro em Ipiaú) 
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário