Gripe H1N1 já matou duas pessoas na Bahia; 10 foram infectadas em 2016

A gripe H1N1 – também conhecida erroneamente como “gripe suína” – já matou duas pessoas na Bahia este ano, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). O número já é maior do que o registrado no ano passado – quando ninguém morreu e só uma pessoa (vinda de São Paulo) foi infectada pelo vírus. Este ano, a Bahia já registra 10 casos de H1N1. Apesar dos números preocupantes, a vacinação no estado só deve começar no dia 30 do mês que vem e vai até 20 de maio (veja aqui). De acordo com a Sesab, o antiviral Tamiflu, usado no combate à doença, não está em falta na rede estadual. Em São Paulo, autoridades demonstram preocupação com um "surto antecipado" da doença. No estado, oito pessoas já morreram. Os óbitos se referem a pacientes que desenvolveram a chamada Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), doença que pode ser causada por diversos agentes infecciosos, como os vários tipos de vírus influenza e pneumonias. Ao todo, a síndrome causou 17 mortes neste ano, quase metade delas por H1N1. *Bahia Notícias
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário