Lula lamenta saída do PMDB da base e diz que Moro foi ‘picado pela mosca azul’

Lula lamenta saída do PMDB da base e diz que Moro foi ‘picado pela mosca azul’
Com a nomeação suspensa para a Casa Civil da Presidência da República, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lamentou nesta segunda-feira (28) a saída iminente do PMDB da base aliada do governo Dilma Rousseff. Lula sugeriu que vê com “muita tristeza o PMDB abandonar o governo ou se afastar”, durante entrevista a jornalistas estrangeiros. O ex-presidente ainda falou sobre a atuação do juiz Sérgio Moro, que conduz a Operação Lava Jato no âmbito da 1ª instância judicial. “O Moro é inteligente e competente, mas foi picado pela mosca azul”, avaliou Lula, de acordo com O Globo. Apesar das críticas ao PMDB e ao próprio Moro, o petista sinalizou otimismo sobre a continuidade do governo Dilma. “Pelo que eu estou sabendo, os ministros do PMDB não sairão e nem a Dilma quer que eles saiam. No segundo mandato, nós fizemos um acordo com o PMDB, que decidiu me apoiar. Ainda assim a gente nunca teve todo o PMDB. Você tem vários estados em que o PMDB não quer apoiar o governo”, comentou o ex-presidente, que não fala à imprensa nacional desde a nomeação como ministro da Casa Civil, suspensa liminarmente pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário