Policiais civis paralisam as atividades por 48 horas na Bahia

Foto:Giro em Ipiaú
Os policiais civis param as atividades por 48 horas a partir desta quinta-feira, 10, na Bahia. A ação faz parte da campanha salarial da categoria, que também pede melhores condições de trabalho. Durante a paralisação, são mantidos 30% do efetivo para atendimento de serviços emergenciais, como prisão em flagrante, levantamento cadavérico e custódia de presos. Os policiais pretendem parar novamente nos dias 17 e 18 de março. Entre as reivindicações, estão a reestruturação salarial com base; igualdade para todas as carreiras, tendo como referência o maior salário; promoção retroativa a 2014, de acordo com a Lei 12.601/2012; decreto permanente de promoção da Polícia Civil; nomeação dos concursados de 2013, 2014 e 1997; criação de grupo de trabalho para discussão do projeto de lei de investigação criminal da Polícia Civil da Bahia; e reconhecimento do Laudo de Papiloscopia pelo perito técnico, conforme Lei Orgânica da Policia Civil.
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário