PRIMEIRA CONDENAÇÃO DE MARCELO ODEBRECHT CHEGA A 19 ANOS E 4 MESES

A CONDENAÇÃO DE 19 ANOS E 4 É SÓ A PRIMEIRA. (FOTO: CASSIANO ROSARIO/ESTADÃO CONTEÚDO)
O ex-presidente da construtora Odebrecht, Marcelo Odebrecht, deve se preparar para longos anos de prisão, caso não prospere a negociação de delação premiada na Operação Lava Jato. Nesta terça-feira (8), ele foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a 19 anos e quatro meses de prisão por crimes cometidos na gatunagem contra a Petrobras.
Marcelo Odebrecht foi condenado por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa. É sua primeira sentença. Também foram condenados no mesmo processo, além do doleiro Alberto Youssef, os executivos Márcio Faria da Silva, Rogério Santos de Araújo, Cesar Ramos Rocha e Alexandrino de Salles Ramos de Alencar.
Os ex-diretores da Petrobras Renato Duque, Pedro José Barusco Filho e Paulo Roberto Costa também foram condenados na mesma ação penal. Marcelo e outros executivos da empresa foram presos junho de 2015 em meio à 14ª fase da Lava Jato.
Segundo a sentença do juiz Sérgio Moro, entre junho de 2007 e agosto de 20111 a Odebrecht repassou US$ 14.386.890,04 e 1.925.100,00 francos suíços aos representantes da Petrobras no esquema de corrupção.

Condenados da Odebrecht
Marcelo Odebrecht -  lavagem de dinheiro, associação criminosa e corrupção: 19 anos e qatro meses den prisão, incialmente, em regime fechado.
Marcio Faria da Silva -  lavagem de dinheiro, associação criminosa e corrupção: 19 anos e quatro meses de prisão, incialmente, em regime fechado.
Rogério Santos de Araújo - lavagem de dinheiro, associação criminosa e corrupção: 19 anos e quatro meses de prisão, incialmente, em regime fechado.
Cesar Ramos Rocha - associação criminosa e corrupção: nove anos e 10 meses, inicialmente, em regime fechado
Alexandrino de Salles Ramos de Alencar  -  lavagem de dinheiro e corrupção: 15 anos, sete meses de prisão, inicialmente, em regime fechado.
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário