Líder do DEM na Câmara pede a renúncia de Romero Jucá após vazamentos

O líder do DEM na Câmara dos Deputados, Pauderney Avelino, defendeu na manhã desta segunda-feira (23), diante da divulgação de áudios envolvendo o ministro de Planejamento de Temer, Romero Jucá (PMDB-RR), a saída do senador licenciado da Esplanada.
“Acho que ele poderia dar uma demonstração e sair do governo, para que ele possa se explicar. É uma situação muito complicada a manutenção dele no governo”, disse Pauderney em entrevista à BandNews FM, argumentando que o peemedebista deveria deixar a Esplanada para se defender das acusações de que tentou paralisar a Operação Lava Jato.
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário