Morador de Ibirataia morre em hospital após ser agredido em cadeia de Gandu, diz família


Antônio Santos Costa, de 60 anos, preso no último dia 26 de maio com quase 3kg de cocaína, morreu na manhã dessa quinta-feira (02) no Hospital Prado Valadares, em Jequié. A informação foi confirmada à reportagem do GIRO por uma irmã do detento. De acordo com Célia, seu irmão estava preso em Gandu, de onde foi socorrido no último sábado (28) até a unidade hospitalar de Jequié. A mulher conta que seu irmão teria sofrido várias agressões na cadeia. “A gente sabe que ele errou, mas não justifica a violência sofrida. O fato de cair no erro não justifica a barbárie que fizeram com ele”, contou Célia. Nossa reportagem entrou em contato com a delegacia de Gandu para colher mais informações sobre o caso, mas o atendente informou que não era autorizado a comentar a situação dos detentos. O delegado titular não foi encontrado por nossa redação. A família de Antônio ainda não decidiu detalhes sobre o velório e o sepultamento. Ele foi preso na quinta-feira, 26 de maio, quando trafegava numa van na companhia da esposa, Lília Santos de Jesus. Policiais militares da CIPE Cacaueira teria encontrado com o casal aproximadamente 3kg de cocaína que, segundo a polícia, estava sendo transportada para a cidade de Valença, no Recôncavo Baiano. (Giro em Ipiaú)
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário