Cunhado de Ana Hickmann comenta denúncia do Ministério Público


Um dia após ter sido denunciado pelo Ministério Público (MP) de Minas Gerais por homicídio, Gustavo Correa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann, contou que pretende acompanhar o caso com calma, junto ao advogado de sua família. Correa voltou a dizer que matou Rodrigo Augusto de Pádua, de 30 anos, autor de um atentado contra a modelo, porque foi necessário. “Estou tranquilo. Isso (a denúncia do MP) não me preocupa nem um pouco. A Justiça tem que cumprir o papel dela. Por conta da publicidade da história existe esse cunho exploratório”, disse Correa, que acrescentou: “Você não pode fugir de uma realidade que existe. Ou morriam os três ou morria ele”. Foi o promotor Francisco de Assis Santiago, que atua no 2º Tribunal do Júri do Fórum de Lafayette, em Belo Horizonte, em Minas Gerais, que encaminhou à Justiça, nesta quinta-feira, um pedido de abertura de um processo pelo crime de homicídio contra Gustavo Correa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann.
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário