IBIRATAIA: Professora é flagrada fazendo indução partidária em sala de aula

Foto: Facebook//Reprodução

O Ibirataia Notícias hoje, 26, abordou o caso de uma professora, que explanou sua opção política, fazendo indução partidária dentro da sala de aula. Após alunos não concordarem com as ideologias explicitadas, divulgaram nas redes sociais um vídeo da mesma.

Catiuscia Santana é professora da rede municipal e estadual no município, atuante respectivamente nos colégios: Municipal Paulo Souto e Estadual Antonio Carlos Magalhães da matéria de Inglês.

A lei da Escola Livre, com número 7.800/2016 proíbe professores e funcionários abordarem questões políticas, religiosas e ideológicas em geral dentro das salas de aula. 

De acordo com o artigo 7º da lei supra citada, os servidores públicos que transgredirem a lei "estarão sujeitos a sanções e às penalidades previstas no Código de Ética Funcional dos Servidores Públicos e no Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civil do Estado".

Segundo a Procuradoria-Geral do Estado (PGE), no caso de alguma irregularidade, a Secretaria Estadual de Educação deve abrir um processo administrativo, a ser analisado pela PGE.

As punições do processo podem ir de uma advertência até a demissão do servidor, dependendo do julgamento.

No vídeo é possível perceber a discordância entre ela e seus alunos, onde ela também aponta a sua preferência política para as próximas eleições que ocorrerá dia 02 de Outubro.

video
Redação IN. 
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário