ITABUNA: MPF SUSPEITA DE IRREGULARIDADES EM QUASE MIL BENEFÍCIOS DO BOLSA FAMÍLIA

Resultado de imagem para bolsa familiaPelo menos 967 benefícios do Bolsa Família em Itabuna são suspeitos de irregularidades, segundo levantamento do Ministério Público Federal (MPF). As suspeitas são de que recursos do programa estão sendo recebidos, indevidamente, por servidores públicos, doadores de campanha eleitoral e empresários. Existem situações como a de saques de benefício mesmo após a morte do titular do Bolsa Família. Uma auditoria determinará o quanto cada um dos titulares destes benefícios deverá devolver, a depender do resultado da investigação. A auditagem será feita pela Secretaria de Assistência Social, conforme a notificação, com visita de técnicos do programa. Os auditores averiguarão os dados informados pelas famílias ao serem cadastradas. De acordo com o Projeto Raio-X Bolsa Família, a pessoa poderá devolver o dinheiro recebimento indevidamente de forma espontânea. Existem várias casos em que a situação econômica da família muda, alterando seu perfil de renda (total e por pessoa). Por exemplo: alguém conseguiu ou perdeu um emprego; um integrante morreu; outro se mudou e formou nova família etc. Se essas mudanças não forem informadas, os dados da família no Cadastro Único para Benefícios Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) ficarão desatualizados. A visita às famílias é a primeira fase do projeto do MPF. As suspeitas foram levantadas a partir de indicativos de renda per capita superior ao estabelecido pelo programa. As visitas começam nesta segunda (26).

Pimenta Blog.
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário