Ibirataense é selecionada para o Parlamento Jovem da Assembléia Legislativa de São Paulo


Juliana França Ribeiro - Foto: Reprodução
A estudante Juliana França Ribeiro, 15, teve seu projeto de lei selecionado para o Parlamento Jovem 2016, da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). A recepção e a sessão plenária ocorrerão nos dias 17 e 18 de novembro. Sob o tema “Agricultura e Meio Ambiente”, ela propôs a instalação de painéis solares nas unidades escolares do estado. Juliana é natural de Ibirataia, filha de Cledenor Ribeiro, conhecido popularmente por Manguinha, que reside há 20 anos na cidade de Guarulhos-SP. 

Leia Matéria completa
Segundo o projeto os painéis seriam colocados nas superfícies das escolas, convertendo a luz solar em energia elétrica. “Os painéis aquecerão a água, facilitando na utilização dos serviços escolares. Além das inúmeras vantagens, o clima não interfere no seu funcionamento. Eles têm um sistema silencioso, fazendo com que não interfira nas aulas ou demais atividades. Esse projeto ajuda bastante no consumo de energia e de água, poupando e economizando a água do nosso planeta”, explicou Juliana, aluna da 1ª série do Ensino Médio da Escola Estadual Professor Milton Cernach.
Juliana foi selecionada pela segunda vez para participar do
Parlamento Jovem
Esta é a segunda vez que a estudante é selecionada para participar do Parlamento Jovem. Em 2014 ela propôs a implantação nas escolas de auxílio médico, psicológico e odontológico aos estudantes. Em sua 18ª edição, o Parlamento Jovem é apresentado neste ano com uma nova configuração, pensada como versão piloto em um processo de aprimoramento contínuo. O objetivo é estimular o debate democrático e o exercício da cidadania entre os jovens. Por meio da experiência no Poder Legislativo paulista, otimizam-se convivências e intensificam-se contatos com diversos setores da Alesp, resultando uma melhor compreensão do processo legislativo e de suas várias fases.

Projeto será apresentado na Assembléia Legislativa de São Paulo

Projetos – Os 47 deputados jovens foram selecionados entre os 181 candidatos pela análise de seus projetos de lei, considerando-se adequação formal, correção gramatical, concisão, clareza, pertinência, originalidade e condições de aplicação efetiva. O tema predominante dos projetos de lei selecionados para o Parlamento Jovem deste ano foi Cultura e Educação, com 19 propostas apresentadas nessa área. Em seguida foram privilegiados pelos estudantes os assuntos: Agricultura e Meio Ambiente (9); Direitos Humanos (7); Saúde (5); Esportes e Turismo, Segurança Pública e Transportes e Urbanização (2 cada); e Defesa do Consumidor (1).
Com informações do Guarulhos Hoje
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário