Acusado de matar a companheira a marteladas em Ibirataia é preso

Gilmário foi condenado a cumprir 19 anos de prisão 
Gilmário de Jesus Bispo, 30 anos, acusado de matar a companheira a marteladas em Ibirataia, no ano de 2012, foi preso na tarde desse domingo (18), no Caminho 17, do bairro Residencial ACM, em Ipiaú, local onde estava residindo. Ele chegou a ser detido após o crime e teria confessado o homicídio, mas em menos de um ano foi posto em liberdade. Gilmário era considerado foragido da justiça após ser julgado e condenado a cumprir 19 anos de prisão. Segundo o blog Ocorrência Policial, o julgamento ocorreu no dia 17 de novembro desse ano, mas ele não compareceu. Gilmário de Jesus foi apresentado por policiais da CIPE Central na delegacia de Ipiaú, de onde deve ser transferido para o Conjunto Penal em Jequié.
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário