Alvos da Polícia Federal em operação contra fraudes no FGTS se entregam

Alexandre e André se apresentaram na sede da PF em Ilhéus.

Dois dos considerados principais alvos da "Operação Melaço" se entregaram nesta quinta-feira (08) na Sede da Polícia Federal em Ilhéus. Segundo publicou o blog Ocorrência policial, Alexandre Couto dos Santos (33), conhecido por "Léo Seco", e André Souza Lima (35) se entregaram na presença de um advogado. "Léo Seco" conseguiu fugir do cerco policial no dia da operação, pulando diversos muros de residências vizinhas, escondendo-se num matagal próximo. Ele é considerado uma peça-chave no esquema das fraudes. Ainda segundo o blog, a dupla foi presa logo após interrogatório. De acordo com as investigações, os fraudadores eram muito ágeis na constituição de novas empresas. O prejuízo já identificado passa dos R$17 milhões, segundo as investigações preliminares. Em Ibirataia e Ipiaú, a Operação conseguiu prender seis suspeitos. Um dos líderes do grupo, conhecido pelo apelido de ‘Melado’, já estava preso desde o dia 26 de outubro, após abordagem da polícia militar.
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário