Bahia: Polícia Civil apreende 500 kg de cocaína


Ronilson Oliveira de Jesus, 40 anos, que também era conhecido como “Coroa”, “Rafael” ou “Zeca”, foi morto em confronto com a Polícia na manhã desta sexta (27), em Vila de Abrantes, no município de Camaçari. Segundo informações policiais, ele era o líder da facção criminosa Caveira, em Feira de Santana e que também atuava em Salvador. “Coroa” era procurado por tráfico de drogas, homicídio qualificado e formação de quadrilha. O bandido era um dos mais procurados da Bahia e integrava o Baralho da SSP. O marginal foi apontado em maio de 2015 como o mandante do motim que matou nove detentos no Pavilhão 10 do Presídio Regional de Feira de Santana. A operação foi comandada pelo COE da Polícia Civil. De acordo com informações do site Informe Baiano, o criminoso estava com 500 quilos de pasta base de cocaína. A droga está avaliada em R$15 milhões. 

Informe Baiano
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário