Ceplac prevê safra de 110 mil toneladas de cacau na Bahia


As condições das lavouras de cacau da Bahia ainda estão desfavoráveis para o desenvolvimento dos frutos que serão colhidos na safra 2017/18 por causa do recente período de estiagem, mas as avaliações preliminares indicam uma pequena recuperação, conforme avaliação da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac). O órgão, submetido ao Ministério da Agricultura, divulgou uma estimativa preliminar de uma colheita de 110 mil toneladas na safra total, sendo que, para a safra temporã, colhida entre maio e setembro, a produção foi estimada em 35 mil toneladas. Na safra 2016/17, foram colhidas 104,626 mil toneladas. A projeção, porém, foi feita com uma margem de erro de 15% para mais ou para menos porque, segundo a Ceplac, ainda é preciso acompanhar o desenvolvimento dos pequenos frutos (bilros) entre fevereiro e abril, que deverão ser colhidos na safra temporã. Leia mais no Mercado do Cacau...
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário