Usuários da Casa Lotérica continuam reclamando das instalações

Foto: Facebook/leitor


A procura pela Casa Lotérica e caixas de auto-atendimento aumentou em Ibirataia e as filas têm aborrecido os usuários. 
Quem precisa fazer qualquer pagamento na Loteria local tem que passar por um exercício de paciência. Muitas são as reclamações por conta do atendimento.

A população reclama que quando chega o dia de receber seu “Bolsa-Família” precisa acordar mais cedo para garantir lugar na fila que na maioria das vezes, segundo informações, chega a dar a volta chegando ao Posto Central.

Foto: Facebook/leitor

Um senhor que não quis se identificar fez questão de denunciar que só existem dois caixas para atender a população. Um deles é para gestantes e pagamento de contas e o outro para recebimento de bolsa-família. O senhor, um homem de idade avançada, diz que muitas vezes as pessoas vêm do Mirassol e outros bairros distantes e quando chegam na lotérica não recebem, além de passar pelo transtorno do espaço apertado e sem segurança. Ninguém dá qualquer satisfação há quase um mês de reivindicações e riscos.

Moradores do bairro Alto do Mirante, reclamam que às vezes os funcionários da casa lotérica informam que fica sem sistema de uma hora para outra. ”As pessoas ficam de cara pra cima, meu filho. Tem gente que vem da zona rural e não recebe, vai embora sem nada. E tem que enfrentar a fila de novo”.

Ibirataia não tem Agência da Caixa Econômica. Entramos em contato com o Superintendente da agência de Ipiaú, para saber o por quê e se há alguma previsão para implantação de outro correspondente no município e qual a possibilidade de ser aberta outra casa lotérica. Por telefone, Ivair Ribeiro nos informou que está sem previsões para abertura de licitação para novos empresários lotéricos por enquanto, mas que já tratam sobre o assunto de adequar para melhor funcionamento a Quina de Ouro II e trazer um correspondente bancário. 

Ibirataia Notícias
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário