Mulheres de PMs voltam a bloquear acessos ao batalhão de Copacabana

Carros da PM em frente ao batalhão de Copacabana - Custódio Coimbra / Agência O Globo

RIO - Mulheres de policiais voltaram a fazer bloqueios em frente ao 19° BPM (Copacabana) na manhã desta segunda-feira. Pelo menos três manifestantes estenteram uma faixa em frente ao portão da unidade nesta manhã. As manifestantes haviam deixado o local na por volta das 22h de sábado. Ainda não há informações de tumultos.

Neste domingo, o protesto de mulheres de policiais militares em frente ao Batalhão de Choque, no Estácio, recebeu apoio de um grupo de policias do Batalhão de Choque que estavam sem uniformes. Na unidade, um princípio de tumulto marcou o início da manhã. Cerca de 80 PMs aguardavam do lado de fora da rua. Quando alguns tentaram entrar na unidade, outros sem fardas vaiaram.

Mais de 20 mulheres estavam acampadas na porta da unidade, na Rua Frei Caneca, e faziam um cordão de isolamento na entrada principal do batalhão.

O protesto de mulheres de PMs em frente ao batalhão de Copacabana - Marcia Foletto / O Globo

A rotina de patrulhamento era mantida no 6º BPM (Tijuca), na Zona Norte. Mas as rendições das equipes eram feitas em oito pontos (cabines e postos avançados) da região.

Em nota, a Polícia Militar afirma que as manifestações acontecem em frente a 27 batalhões neste domingo. Segundo a corporação, os manifestantes reivindicam o pagamento do 13º salário, do RAS Olímpico e das metas atrasadas.

Jornal O Globo
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário