Veja o calendário de saque das contas inativas do FGTS


O saque do dinheiro das contas inativas do FGTS vai começar em março para quem nasceu em janeiro e fevereiro. A informação é da Folha Online. O início dos saques deve ser autorizado a partir do dia 10 de março, uma sexta-feira. O calendário será oficialmente divulgado pelo governo nesta terça-feira (14), além de outros detalhes sobre como vai funcionara operação. 


Quem nasceu entre março, abril e maio vai poder resgatar o dinheiro em abril. Já quem aniversaria em junho, julho ou agosto poderá fazer o saque em maio. Já em junho, o benefício poderá ser retirado pelos nascidos entre setembro e novembro. Em julho, por fim, será a vez dos aniversariantes de dezembro. 



O governo anunciou no final do ano passado que ia permitir o saque do dinheiro das contas inativas do FGTS, como maneira de estimular a economia brasileira. As contas em questão são as de trabalhadores que pediram demissão até 31 de dezembro de 2015. 

A expectativa é que R$ 41 bilhões sejam injetados na economia e que aproximadamente 10,1 milhões de pessoas tenham contas inativas. 



Agências 

Segundo a Folha, a Caixa trabalha para anunciar um plano que ajude as agências a receber o maior número de pessoas nos próximos meses. Entre as medidas, a empresa analisa a possibilidade de algumas agências abrirem no sábado e também transferir automaticamente este dinheiro para quem tem conta no banco. Há possibilidade ainda de elevar o valor que pode ser sacado nas lotéricas, para diminuir a procura pelas agências da Caixa. 

Para saber se você tem direito ao benefício, consulte o saldo no site da Caixa, no aplicativo FGTS, em caixas eletrônicos e em agências, com o seu número PIS. 


Veja o calendário: 


Em março 

sacará o FGTS quem nasceu em janeiro e fevereiro 

Em abril 

nascidos em março, abril e maio 

Em maio 

nascidos em junho, julho e agosto 

Em junho 

nascidos em setembro, outubro e novembro 

Em julho 

nascidos em dezembro 

Veja algumas dicas antes de antecipar seu FGTS: 


Planejamento: Antes de decidir por antecipar ou não este recurso é importante planejar e refletir sobre os hábitos financeiros. Faça um diagnóstico financeiro levando em consideração todos os gastos e despesas avaliando o que pode ser cortado. 

Pesquisa: Antes de realizar o empréstimo, faça uma pesquisa nos bancos. Compare taxas e verifique outras linhas de crédito disponíveis com condições melhores de contratação, buscando o melhor custo benefício. 

Urgência: Só contrate o empréstimo em casos extremos, como emergência de saúde ou quando a pessoa já está pagando taxas de juros mais altas como é o caso de cheque especial e cartão de crédito. 

Barganha: Não deixe de sentar com o gerente do banco e negociar melhorias na proposta que eles oferecem e com isso tentar reduzir taxas. 

Alerta: Se o caso não for de urgência, essa antecipação deve ser evitada ao máximo, pois com isso se perderá rendimento. Para quem quer utilizar apenas para o consumo, ou para “aproveitar uma promoção imperdível”, segure a onda. O dinheiro extra deve sempre ser usado para a realização de sonhos, como planejar uma aposentadoria sustentável.
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário