Alvo da Operação Carne Fraca, executivo da BRF é preso em aeroporto ao chegar ao Brasil

Principais marcas envolvidas na Operação Carne Fraca.
O gerente de Relações Institucionais e Governamentais da BRF, Roney Nogueira dos Santos, foi preso na madrugada deste sábado (18) pela Polícia Federal ao chegar ao Aeroporto de Guarulhos. Segundo a assessoria da BRF, ele estava na África. A empresa não informou para onde ele foi levado ao ser detido. Roney é alvo de prisão preventiva e teve o mandado expedido nesta sexta-feira (17) pela Operação Carne Fraca. Ele é acusado de atuar para influenciar nas decisões dos fiscais do Ministério da Agricultura. A ação investiga fraudes em vendas de carne. Segundo a Polícia Federal, fiscais da pasta recebiam propina para liberar licenças sem realizar a fiscalização adequada nos frigorífico. As investigações apontam que eram usados produtos químicos para maquiar carne vencida, e água era injetada nos produtos para aumentar o peso. As carnes irregulares eram vendidas no Brasil e no exterior. Há também casos de papelão em lotes de frango e carne de cabeça de porco em linguiças. Ao todo, 22 empresas são investigadas na operação.
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário