Fundador da Mancha Verde é assassinado de forma brutal

Foto: Reprodução

A provocação no futebol é um charme a parte, pena que muitas vezes não fica apenas nas brincadeiras. É comum encontrar torcidas organizadas rivais ,literalmente em pé de guerra, mas ultimamente não é difícil encontrar torcedores da mesma organização cometendo o mesmo erro, brigando entre si. 

A prova disso foi o assassinato que ocorreu nesta quarta-feira (1), de um dos fundadores da Torcida Mancha Verde, conhecida atualmente como Mancha Alviverde, proximal organizada do Palmeiras. De acordo com a Polícia Civil, Moacir Bianchi foi morto e seu carro foi encontrado com muitas perfurações a bala.

Existe a suspeita de que a motivação seja um racha dentro da organizada e que integrantes de outros grupos poderiam ter cometido o crime. Nesta sexta-feira, as autoridades devem soltar imagens sobre o assassinato do fundador da Mancha. Dois carros, ainda não identificados, são suspeitos.

Bianchi sempre foi considerado uma figura importante na agremiação, e em suas redes sociais sempre postava fotos ao lado dos atuais integrantes, tanto da torcida quanto da escola de samba.

Confira na integra a nota oficial publicada pela Mancha Alviverde em sua página no Facebook:

“LUTO.

Hoje recebemos a triste noticia que nosso fundador e ex-presidente Moacir Bianchi, foi encontrado morto.
Não temos palavras para descrever o que sentimos nesse momento.
Uma pessoa que tanto lutou para que a Mancha Verde pudesse se tornar uma grande torcida, e para que a torcida do Palmeiras fosse respeitada. Moacir fez da Mancha Verde a sua vida.

Seu nome está escrito em nossa historia e jamais será apagado.
Que Deus possa confortar toda sua familia e receba nosso fundador em um bom lugar.

LUTO – MOACIR BIANCHI

Informamos tambem que em meio a diversos problemas que a torcida vem passando, e em cima dessa noticia de uma morte que deixou todos nós da torcida completamente abalados, comunicamos a todos os associados que a torcida Mancha Alviverde após 34 anos de fundação está encerrando suas atividades por tempo indeterminado.

Obrigado a todos que até aqui ajudaram a construir o nome da Mancha Verde.”
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário