Acusado de participação na morte de PM é assassinado após sair de delegacia


Um dos homens presos acusados de matar na madrugada de domingo (23) o policial militar Tyrone Thomaz, foi morto na noite dessa segunda-feira (24), após ser liberado da delegacia de Ilhéus. Danilo José da Silva foi executado com vários tiros por volta das 22h, na Avenida Princesa Isabel, em Ilhéus. Danilo estava no interior de um táxi e seguia em direção à residência na Morada do Porto, quando o veículo foi interceptado por homens fortemente armados, que o obrigaram a descer do carro e deflagaram mais de 10 disparos. Os outros dois presos na operação continuam custodiados no Complexo Policial de Ilhéus. Segundo um dos suspeitos, a morte do policial teria sido encomendada por um detento do Conjunto Penal de Itabuna pelo valor de R$ 2 mil e um quilo de maconha. A motivação do crime não foi informada pela polícia. (Blog Fábio Roberto)
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário