Polícia identifica principal suspeito de matar enfermeira em Alagoinhas

Edvan Alves dos Santos está foragido (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

As circunstâncias do assassinato da enfermeira e professora universitária Rosângela Gomes Costa, 35 anos, morta a facadas dentro de casa, no município de Alagoinhas, a 130 km de Salvador, estão perto de ser esclarecidas. O titular da 1ª Delegacia de Alagoinhas, Clélio Pimenta Bastos Filho, afirmou que o principal suspeito do crime foi identificado como Edvan Alves dos Santos, 28. Ele teve a prisão temporária decretada pela justiça neste domingo (23). Segundo o delegado, indícios apontam que Edvan, que conheceu a vítima há cerca de seis meses, é o autor do crime. Ele realizou serviços de limpeza na casa da enfermeira no final do ano passado e, de lá para cá, segundo a polícia, esteve na casa outras duas vezes. Alves tinha conhecimento da rotina da professora, segundo Pimenta, que morava sozinha no bairro do Barreiro, mesmo lugar em que mora o suspeito. Quanto à possibilidade de envolvimento afetivo entre a enfermeira e Edvan, o delegado informou que todas as possibilidades estão sendo consideradas. “É prematuro descartar qualquer coisa. Considerando a mordaça, que tem a intenção de subjugar a vítima, você entende que traços de sentimento, seja de amor ou de ódio, estão presentes”, salientou. (Correio)
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário