Falhas no atendimento do CAPS preocupam familiares de usuários

FOTO: Reprodução Blog Ibirataia Informa

A deficiência no atendimento do Centro de Atendimento Psicossocial de Ibirataia (CAPS) preocupa familiares de usuários que denunciaram ao Ibirataia Notícias a falta dos serviços. 

Um parente de um paciente que não quis se identificar, destacou que hoje (17/05), foram dispensados todos os pacientes por não terem condições atender devido a falta de medicamentos, falta de profissionais (psicólogos e psiquiatras), além da falta de estrutura física. Segundo ele, falta até ar condicionado na sala de atendimento. A falta de receituário controlado, também é uma recorrente. Para os familiares, a preocupação é maior porque mais de 20 pacientes buscam tratamento no CAPS. 

Vale lembrar que, o CAPS recebe verba federal e deve ser mantido em funcionamento regularmente. “Pedimos para que a prefeita Ana, leve nossa preocupação ao Secretário Municipal de Saúde afim de resolver esta situação o mais breve possível”, afirmou.

Aproximadamente 2500 pessoas estão cadastradas no CAPS do município, sendo que este deve oferecer serviços essenciais e não pode sofrer interrupções.  Infelizmente o trabalho encontra-se desordenado e precisa de uma restruturação urgente. O que se vê é uma deficiência estrutural e que compromete o funcionamento do serviço, especialmente a falta de profissionais para atender a população.

EM TEMPO

A prefeitura Municipal de Ibirataia divulgou convite em sua página institucional, para uma Caminhada no 18 de Maio - DIA MUNDIAL DA LUTA ANTIMANICOMIAL.
Segundo informações, a caminhada tem como lema “Trancar não é tratar” que tem o papel de relembrar as pessoas da importância de melhorar a qualidade do atendimento prestado em saúde mental, procurando, cada vez mais, o distanciamento de um modelo retrógrado, como era antes nos manicômios.
FOTO: Reprodução // Facebook Prefeitura Municipal de Ibirataia

Ibirataia Notícias
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário