Comunicado afixado em órgãos públicos causa ‘saia justa’

Recomendação para cortar gratificações foi fixada em órgãos públicos
Recomendação para cortar gratificações foi fixada em órgãos públicos
O Secretário de Finanças e Administração de Ibirataia, Alexsandro Freitas Silva, o Sandro Futuca, cometeu uma ‘barbeiragem’ digna de iniciante à frente da Pasta. Ainda não se sabe sob qual pretexto/objetivo, mas o Titular de Finanças e Administração mandou afixar nos órgão públicos do município um Comunicado no qual recomenda a prefeita Ana Cléia (PSD) suspender, nos meses de agosto, setembro e outubro, o pagamento das gratificações dos servidores. A medida, segundo Futuca, teria como objetivo evitar demissões em virtude da queda de arrecadação. Ocorre que, como manda o ‘manual da boa gestão’, esse tipo de assunto deve ser tratado internamente e só levado ao público após decisão do gestor. Com o comunicado, Futuca além de constranger a prefeita Ana Cléia, criou aflição entre os servidores. “Esse tipo de medida (corte de gratificações) só pode ser levado a público numa reunião com servidores, em que se demonstra o balanço orçamentário e sensibiliza os afetados de que o corte nas gratificações é algo inevitável. A Controladoria todos os meses recomenda ao gestor a tomada de medidas duras. Se essas recomendações chegassem ao público causariam desgaste”, disse um experiente gestor ao Ubatã Notícias. Em tempo, bola fora do Titular de Finanças e Administração. (Ubatã Notícias)
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário